Marcos d'Ajuda
10 dezembro 2017
image

O CORPO VAI ENVELHECER

Corredor de rua, é inexorável: o corpo vai envelhecer. E no nosso caso, sem uma alimentação adequada, castigado pelos radicais livres que o minam a cada dia de treino, o processo será tão acelerado quanto mais rápidos ao ar livre, exposto aos raios solares ruins, forem percorridos os quilômetros. Com diferentes graus de privações, todos nós haveremos de enfrentar as dificuldades do envelhecimento físico. Contudo, embora mais fraco, em um processo de compreensível involução, se tratado com o devido respeito no presente, ainda será possível praticar a corrida de rua como uma filosofia de vida saudável no futuro. Invista os seus preciosos momentos na pista para rejuvescer a mente, pois, dependendo de como se leva a vida, a mesma permanece em constante evolução e nunca envelhece. Além disto, com o passar dos anos, quando os músculos estiverem mais fadigados, nossos pensamentos positivos por uma vida melhor é que terão a responsabilidade de conduzir o nosso corpo em harmonia com o espírito. Por isto, quando saio para me perder praticando corrida de rua por avenidas com a lucidez da sabedoria, eu troto, paro, interajo, brinco e me divirto. A corrida de rua como estilo de vida é uma brincadeira muito séria, que deve estar em consonância com nossos objetivos de vida no antes e no depois dos treinos. Faça da corrida de rua uma real possibilidade de encontrar a solução para dificuldades que pareciam problemas antes do treino. O seu momento na pista é o seu momento. Não se envergonhe de se sentir egocêntrico enquanto estiver praticando a corrida de rua de forma divertidamente saudável. Enquanto estiver treinando, aproveite o momento para se conectar com uma dimensão impossível de ser alcançada no seu dia-a-dia. Praticando corrida de rua perdido por qualquer lugar, mas conectado a si mesmo, possivelmente você faça descobertas muito interessantes sobre si próprio e que poderão contribuir decisivamente para conduzir você a novas possibilidades. Ter desenvolvido a capacidade de se tornar um corredor de rua é uma grande dádiva da existência, uma benção que, se usada para o bem do corpo, mente e espírito, dará a você a possibilidade concreta de trilhar o caminho contínuo para a felicidade. Por isto, enquanto treino eu troto, paro, interajo, brinco e me divirto, afinal, pratico a corrida de rua para viver, não vivo para praticar corrida de rua. Mesmo diante das dificuldades inerentes ao cotidiano, sim, sou extremamente feliz comigo mesmo praticando corrida de rua sem pressa alguma para chegar a algum lugar.


QUERO OUVIR VOCÊ!
FAÇA SEU COMENTÁRIO! PARTICIPE!